sábado, 12 de junho de 2010

O amor incondicional....



Hoje ouvi de uma cliente, que amor incondicional mesmo, recebemos de nossos amigos de 4 patas. Pensando nisto, e num acontecimento triste nesta semana, é que resolvi escrever este post.
Um cliente, que junto com sua esposa acabaram se tornando amigos meus, resgatou um cãozinho na rua há alguns anos, se não me engano 4. Ele já era velhinho, tinha na época cerca de 10 anos, e veio se juntar a dois outros que ele já tinha. Depois disso, a Carla se apaixonou por mais um cão, o Peper, que ela adotou aqui na clínica. Sabe pessoas boas? De bom coração? Então, esse casal é assim. Tio foi adotado já com idade e o Peper além disso ainda tinha tido um câncer no baço, que precisou ser retirado. Mas nada disso importou para eles, apenas ajudar e dar um lar a esses animais, que com certeza já tinham sofrido muito.
Nesta semana, depois de uma longa batalha contra uma série de problemas, o Tio teve que descansar. Virou uma estrelinha e deixou um enorme vazio na vida dos dois.
Tenho certeza que ele foi feliz, porque graças a essas duas pessoas, soube o que é ter casa, família e ser amado, muito amado.
Adeus Tio!

Um comentário:

Ana disse...

Acompanhei de perto o amor incondicional que esse casal teve pelo Tio e pelos demais que graças a Deus mantém em sua residência. A vida vai tecendo cada fio da nossa existência e imagino que Deus há de ajudá-los muito a preservar os três maravilhosos cachorros que possuem e que são tão unidos. É impressionante como a convivência com eles nos traz paz e alegria.
Ana Lúcia